Palmeiras vira sobre o Goiás e sobe na tabela do Brasileiro

Na primeiro jogo de Mano Menezes como técnico do clube, o Palmeiras venceu o Goiás de virada, por 2 a 1, no Serra Dourada, ontem (07), em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo foi movimentado e emocionante até o apito final. Os goianos saíram na frente no primeiro tempo, com Rafael Vaz. O Maior Campeão do Brasil, porém, pressionou e conseguiu empatar no gol de Willian, na segunda etapa. A vitória veio nos últimos minutos, com chute de Gustavo Scarpa.

 

A equipe subiu para a terceira colocação na tabela do Brasileirão, com 33 pontos conquistados, mesmo tendo um jogo a menos – a partida contra o Fluminense, da 16ª rodada, foi adiada para terça-feira (10). O líder é o Flamengo, com 39 pontos, e o Santos ocupa o segundo lugar na classificação, com 36.

 

O Verdão não virava um jogo desde 2 de junho de 2018, quando venceu o São Paulo por 3 a 1 no Allianz Parque, com gols de Dudu e Willian (2), após sair atrás no placar, no primeiro turno do Brasileiro de 2018. O triunfo fez parte da campanha campeã do Alviverde na competição.

 

O Palmeiras volta a campo na próxima terça-feira (10), para encarar o Fluminense, às 21h, no Allianz Parque, em confronto válido pela 16ª rodada da competição nacional.

 

O jogo

 

A equipe de Mano Menezes começou a partida marcando presença no ataque. A principal via ofensiva era pela esquerda, com as participações de Zé Rafael e Diogo Barbosa. O camisa 8 finalizou com perigo ainda no primeiro minuto de bola rolando. O lateral-esquerdo, por sua vez, cruzou rasteiro para Luiz Adriano na pequena área aos quatro, mas o atacante não alcançou.

 

Já o Goiás mostrava velocidade no contra-ataque e contava com os dribles de Michael para chegar perto do gol palestrino. Aos 19, o zagueiro Rafael Vaz recebeu passe de Léo Sena e arriscou chute da intermediária. A bola encobriu Jailson e bateu no travessão antes de entrar, sem chances para o goleiro palmeirense. (Goiás 1 x 0 Palmeiras)

 

Buscando o empate, o Verdão dominava a posse de bola e jogava no campo de ataque. A equipe conseguia criar chances de marcar, mas parava em Tadeu. Aos 29, Luan ficou com a sobra após cobrança de falta e chutou para defesa do goleiro. Aos 33, foi a vez de Dudu invadir a área em velocidade e finalizar. Mais uma vez, o defensor goiano conseguiu impedir o gol palestrino e espalmou para escanteio.

 

O Palmeiras chegou a balançar a rede no final do primeiro tempo, com Luiz Adriano. O lance, porém, foi anulado pelo árbitro Wagner Reway, que viu falta do camisa 10 no zagueiro Fábio Sanches.

 

O Verdão voltou sem alterações para o segundo tempo, enquanto o Goiás veio com Daniel Guedes no lugar de Yago Felipe e Jefferson na vaga de Alan Ruschel. Aos sete minutos da segunda etapa, um choque forte entre Zé Rafael e Tadeu provocou a entrada da ambulância em campo. O palmeirense foi substituído por Willian e o goleiro (que foi conduzido imediatamente ao hospital) deu lugar a Marcos.

 

 

Aos 17, Mano Menezes fez sua segunda alteração e tirou Ramires para a entrada de Lucas Lima no meio de campo. O Goiás jogava recuado na defesa, segurando a pressão palestrina pelo empate. Aos 24, Willian ficou com a sobra após cobrança de escanteio e empurrou para o gol, mas Fábio Sanches tirou em cima da linha.

 

Na última substituição palmeirense, Borja entrou no lugar de Luiz Adriano no ataque, aos 26 minutos. O camisa 9 chegou muito perto gol depois de receber cruzamento de Dudu e completar de carrinho. O goleiro Marcos, no entanto, conseguiu jogar para escanteio.

 

A pressão palestrina finalmente deu resultado aos 36 minutos, quando Willian recebeu belo lançamento de Gustavo Scarpa, ficou cara a cara com Marcos e não desperdiçou. O atacante finalizou com categoria para marcar seu primeiro gol nesta temporada – ele sofreu lesão no final de 2018 voltou aos gramados em julho deste ano. (Goiás 1 x 1 Palmeiras).

 

Animado com o empate, o Palmeiras buscou a virada nos últimos minutos e chegou perto com Dudu, aos 39. Antes do apito final, Lucas Lima fez falta em Michael, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Mesmo com um a menos do lado alviverde, o final da partida foi movimentado e aberto, com os dois times tendo chances de sair com a vitória.

 

Aos 51, Renatinho cobrou falta e Jailson fez linda defesa para salvar o Verdão. Aos 55, Marcos Rocha cobrou lateral longo e, depois de confusão dentro da área, a bola sobrou para Gustavo Scarpa, que bateu firme para marcar o gol da virada palestrina. (Goiás 1 x 2 Palmeiras)

 

Fonte: Site oficial/Palmeiras

Foto: Cesar Grego/Ag. Palmeiras/Divulgação

Futebol