Bahia bate o Avaí por 2 a 0 e avança para o 6º lugar na tabela do Brasileirão

Com um futebol de mandante, mesmo no frio de fim de inverno de Florianópolis, o Bahia fez valer seu melhor futebol e venceu o Avaí por 2 a 0, na noite de ontem (30), no estádio da Ressacada. Com o resultado, o Tricolor finalizou a 22ª rodada do Brasileirão na zona de classificação para a Libertadores.

 

O terceiro triunfo do Esquadrão fora de casa no torneio deixou a equipe com 37 pontos na tabela de classificação, em 6º lugar, perdendo para o 5º colocado, Internacional, nos critérios de desempate. O Bahia volta a campo neste sábado (5/10), na Fonte Nova, às 19h.

 

Sem perder em Santa Catarina nos seus últimos cinco compromissos, desde 2014, o Tricolor não se intimidou por estar longe de seus domínios. Começou o jogo se impondo em campo, com uma marcação alta, pressionando a saída de bola do adversário, mantendo a posse da bola e usando a transição rápida quando roubava a bola para criar suas melhores chances.

 

Depois de chegar com perigo com Gilberto, aos 14 minutos, e Nino, aos 20, o Bahia abriu o marcador aos 24, em lance que contou com uma boa jogada entre Artur, Gilberto e Elber, que na entrada da área, deu um corte no zagueiro e chutou forte e rasteiro, no cantinho direito do goleiro.

 

O time ainda comemorava o gol quando ampliou sua vantagem na Ressacada, novamente numa jogada de transição. Nino recebeu grande lançamento de Elber, entrou em diagonal, driblou o zagueiro e chutou forte no gol. O lateral contou com a sorte e a bola desviou na defesa do Avaí, indo para o contrapé do goleiro, que nada pôde fazer no lance.

 

Absoluto em campo, o Bahia não diminuiu o ritmo, mas não conseguiu criar novas oportunidades claras de marcar. Já no segundo tempo, o Avaí passou a se arriscar mais e o Tricolor mudou sua estratégia e passou a atuar mais nos contra-ataques.

 

Sem a mesma eficiência de outras jornadas, a equipe viu o time catarinense crescer na partida, mas contou também com uma noite muito segura do goleiro Douglas, que sem dar rebote, defendeu todos os chutes de longa de longa distância doa adversário, e foi responsável pelo mais belo lance do duelo ao tirar de ponta de dedo uma cabeçada certeira e forte do zagueiro Betão.

 

Mesmo sem a posse de bola e sem se lançar ao ataque, o Bahia soube manter o jogo controlado e quase ampliou em chute de Fernandão, aos 43, com a bola raspando a trave. No fim, o time garantiu seu segundo triunfo consecutivo por 2 a 0, e os três pontos na bagagem para Salvador.

 

 

Fotos: EC Bahia / Ascom

Futebol